Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2011

Bem aventurados!

O grão da mostarda e de trigo, o sal que se desfaz, um punho de fermento que leveda toda a massa: o Evangelho é cheio destas sugestivas imagens que narram no estilo “ferial”, discreto, quotidiano, não invasivo a presença de Deus na história. Quem esperasse efeitos especiais, fogos de artifícios, milagres clamorosos capaz de provocar record na televisão ou na internet ficaria irremediavelmente desiludido.
Aos olhos de Jesus o Pai se esconde e se revela nas pequenas coisas como o grão de trigo que semeado se empasta com o terreno e sem fazer barulho dá fruto.
Aos olhos de Jesus é feliz que persegue na fidelidade e na perseverança do quotidiano o bom desejo da justiça, da humildade, da simplicidade, o desejo da pobreza de espírito; é feliz quem se dispõe a atravessar sem heroísmos o pranto e o sofrimento, sabendo que não são a ultima palavra sobre a existência do homem. É verdade! Deus está nas pequenas coisas, porque são aquelas mais humanas, mais adaptadas a nós, são aquelas que nos…

Que todos sejam UM

Celebramos hoje, 25 de Janeiro, a festa da conversão de S. Paulo e em muitos países se conclui também a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.  Ora, mais do que conversão convém falar de “vocação cristã” de Paulo. De facto, ele não era um ateu ou um pagão que necessitasse de se converter a Deus. Paulo era profundamente crente no Deus dos seus pais. Quando iniciaram as perseguições contra aqueles que proclamavam que Jesus Cristo tinha sido ressuscitado do mortos e que era o Senhor, Paulo se alinhou prontamente mostrando-se um feroz inimigo dos primeiros cristãos. Participa, ainda que não directamente, ao apedrejamento de Estevão, um discípulo de Jesus, o diácono mártir (At 7, 22). Nos dias seguintes ele perseguiu os outros discípulos de Jesus, "indo de casa em casa, capturando homens e mulheres metendo-os na prisão" (At 8, 3).  É exactamente durante uma sua expedição a Damasco que Paulo encontra Jesus Ressuscitado. Foi um encontro de extraordinária dimensão que mudou compl…

Vem e segue-me!

A Liturgia deste III Domingo do Tempo Comum propõe-nos o Evangelho da chamada de Pedro e seus irmãos. Ressoa ainda no  ar o eco daquelas palavras, dirigidas a Pedro, dirigidas a mim, dirigidas a ti: "Não tenhas receio; de agora em diante...". É ainda no ar a luz intensa daquele momento, daquele novo início de uma vida. Existem momentos assim, momentos que decidem totalmente, instantes, fragmentos depois dos quais nada é como antes. 
"Deixaram tudo", tudo o que está antes daquele instante de milagre e de admiração. É o modo que Deus  cumprimenta, é isto que Ele diz quando bate à porta da nossa vida: "não tenhas receio!" Somos como aqueles pescadores da Galileia, atentos apenas às suas redes vazias, atentos se abre um rota nova em direcção a um horizonte que antes não era nem mesmo sonhado. Deus bateu à porta: "não tenhas medo" as redes que obstruem os sonhos já não servem; "deixaram tudo e O seguiram", o mar se abre, já não tem confins …

Um ano juntos!

"Caro amigo e amiga, paz e bem! O meu quer ser mais um blog e não um blog a mais. Quero construir-lo juntamente contigo até porque no que toca as coisas de Deus estamos todos implicados. Eu sei! Internet está cheia de sites e blogs que se ocupam já desta temática. Mas eu não poderia não dar o meu contributo. Além do mais, este espaço, a diferença dos outros, o construiremos juntos. Façamos, portando, juntos esta viagem!!!"
Hoje, a primeira coisa que fiz foi ver o primeiro post que escrevi lançando o "POÇO DA PALAVRA" e agradeci a Deus pelo ano de serviço à sua Palavra que concedeu-me. Vivi uma experiência extraordinária! Foram 113 post escritos durante estes 12 meses mas o mais belo é a relação de amizade que se criou com muitos dos seguidores e visitantes assíduos. Queria agradecer calorosamente a todos e a meu compromisso é aquele de continuar a dar o meu máximo para que Jesus Cristo seja tudo em todos. A todos os meu convite é o mesmo: façamos juntos esta viagem!


A PALAVRA DE DEUS É UMA FONTE INESGOTÁVEL

No livro do profeta Malaquias 3, 3, lemos: «Ele sentar-se-á como fundidor e purificador. Purificará os filhos de Levi e os refinará, como se refinam o ouro e a prata.» Este versículo bíblico intrigou umas senhoras, participantes de um grupo bíblico. Elas ficaram a pensar o que é que essa afirmação poderia significar em relação à natureza e ao carácter de Deus.

Uma delas ofereceu-se para investigar o processo de refinamento da prata e apresentar o resultado do seu trabalho na próxima reunião do grupo bíblico.

Nessa semana, a senhora telefonou a um ourives e marcou um encontro com ele, para o acompanhar no seu trabalho. A senhora não mencionou a razão do seu interesse. Disse apenas que estava curiosa em conhecer o processo de refinamento da prata.

A senhora acompanhou o ourives,  ficando muito atenta a todos os seus gestos. Ele pegou num pedaço de prata e segurou-o sobre o fogo, deixando-o aquecer.

O ourives explicou que, no refinamento da prata, é preciso que se segure a peça bem no centr…