Avançar para o conteúdo principal

estudo de teologia!!


Hoje, 28 de Janeiro terminei os exames do primeiro semestre. Noutro dia Freis Danilson e Napo terminaram o curso. ainda hoje, depois do ultimo exame encontrei uma amiga que me disse que estava pensando em iniciar a estudar a teologia. Ela é licenciada em artes.
Estas coisas banais e isegnificante me fizeram pensar na utilidade dos estudos teologicos para o homem de hoje. Encontrei este arigo no site da minha escola (www.sti-issrfossano.it) que traduzi em portugues e agora partilho contigo:
Estudar teologia, a fim de abrir os horizontes
de uma razão restituda à sua amplitude!

Dedicar-se ao estudo da teologia significa ampliar os horizontes da nossa razão, nossa vida, adquirindo um determinado ponto de vista, o que dá a oportunidade de compreender o mundo e a história de acordo com a chave que está na base da nossa cultura: testemunho da revelação bíblica. No tempo em que vivemos isto é tudo menos que uma operação marginal.
Na verdade, que o próprio cristianismo, e o seu relacionamento com as outras religiões, seja tema de ensino e aprendizagem em nossas escolas, devia ser um ponto qualificaste para a cultura e a vida de cada pessoa e todo um povo.
No entanto, quando com arrogância e superficialidade, se tenta obscurar a dimensão religiosa da vida, esquecendo-se da sua fertilidade histórico- cultural, relegando-a a um 'privado' quase escondida, não se cria outra coisa senão um vazio, incentivando assim, de entre outras coisas uma irracionalidade violenta. Muitos regimes, totalitários ou não, do século passado, tentaram de várias formas, levar avente esta operação de 'desenraizamento' da religião da vida dos indivíduos e dos povos. O resultando foi o mesmo: homem humilhado na sua dignidade e empobrecido na sua cultura .
Bento XVI, em seu discurso na Universidade de Ratisbona, falando da relação entre fé, razão e universidades, indicou claramente a absoluta necessidade de unir em um novo modo fé e razão. Neste sentido a teologia, não só como disciplina histórica e das ciências humanas, mas como teologia propriamente dita, isto é, como investigação sobre as razões da fé, deve ter o seu lugar na universidade e no amplo diálogo das ciências. (...) A razão que é surda ao divino e que relega a religião para o âmbito das sub-culturas é incapaz de se inserir no diálogo das culturas (...) Para a filosofia e, de uma maneira diferente, para teologia, escutar as grandes experiências e percepções das tradições religiosas da humanidade, e especialmente aqueles da fé cristã, é uma fonte de conhecimento, e seria uma restrição inaceitável do nosso modo de ouvir e responder.
Um razão que pensa em obscurar ideologicamente dimensões constitutivas da vida humana, priva o homem de uma riqueza prestigiosa, agradável e rentável. Vamos voltar a dar à razão toda a sua amplitude. Olhemos para o mundo inteiro a 360 graus. Levemos a sério a fé, a vida e todas as suas dimensões, e… estudemos a teologia.

Comentários

Aqui escreves TU

Zacarias, o mudo que fala de Deus!

"Entretanto, chegou o dia em que Isabel devia dar à luz e teve um filho. 58 Os seus vizinhos e parentes, sabendo que o Senhor manifestara nela a sua misericórdia, rejubilaram com ela. 59 Ao oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias. 60 Mas, tomando a palavra, a mãe disse: “Não; há-de chamar-se João.” 61 Disseram-lhe: “Não há ninguém na tua família que tenha esse nome.” 62 Então, por sinais, perguntaram ao pai como queria que ele se chamasse. Pedindo uma placa, o pai escreveu: “O seu nome é João.” (Lc 1,57-63)

O versículo 62 deste texto bem conhecido apresenta, aparentemente, uma dificuldade de interpretação. Em Lc 1,20 lemos: Vais ficar mudo, sem poder falar, até ao dia em que tudo isto acontecer, por não teres acreditado nas minhas palavras, que se cumprirão na altura própria. A tradução deste versículo pode começar de outro modo: Vais ficar em silêncio e sem capacidade (força) para falar. Não é absolutamente linear que o verbo siwpáw signi…

FRUTOS DA TERRA E DO TRABALHO DO HOMEM

(Depois da minha homilia no passado domingo na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, muitos mostraram-se interessados acerca da simbologia do Pão e do Vinho. Aproveito para partilhar o texto ao qual me inspirei para a minha homilia. O texto é de Enzo Bianchi, prior da comunidade de Bose - Itália)
É significativo que a palavra “Pão” apareça ao início da Bíblia sob o signo do trabalho, da fadiga, do suor: “comerás o pão com o suor da tua testa” (Gen 3, 19). De facto o pão significa antes de tudo comida, aquilo que sustém o homem, aquilo que é absolutamente necessário e que o homem deve procurar com o duro trabalho da terra. Quando à palavra “vinho”, ela aparece pela primeira vez no episódio de Noé, o patriarca supérstite do dilúvio  o qual, plantou uma vinha para se consolar e das uvas fez o vinho e bebendo-o embriagou-se (Gen 9,20-21). Assim o vinho é consolação mas também é capaz de provocar comportamentos indignos de um homem.  Mas, eis que quando a história aparece inequivocamente c…

O carinho do Papa Francisco que irrita muitos padres

É uma coisa maravilhosa mas, por exemplo, também João Paulo II foi à cadeia encontrar o seu assassino Ali Agca. Mas desta vez, aposto, acontecerá que alguém da minha paróquia me perguntará porque razão, a partir do momento que o Papa foi até Calábria, porque eu não vou nem mesmo visitar a senhora Pina que habita numa casa popular, e passou todo o inverno sem aquecimento porque não se fez a reparação no sistema. Sempre em Calábria, na missa da tarde de ontem disse: “a ‘ndrangheta é isto: adoração do mal e desprezo do bem comum”, “os maviosos, não estão em comunhão com Deus, são excomungados” e a minha gente não fará comparação com João Paulo II em Agrigento, mas perguntará a mim porque nas minhas homilias sou assim tão politically corect Sempre ontem, de manhã aos padres como eu dizia que não devemos pôr “ao centro nós mesmos e assim em vez de sermos canais tornamo-nos ecrãs” e estou certo que basta me sentar no confessionário e escutar com superficialidade, alguém, seguramente, me r…